Blog, Costura

Vera Cruz e Sete de Setembro sobem para a elite do futebol pernambucano

O Campeonato Pernambucano da Série A1 2021 terá também as participações de Vera Cruz e Sete de Setembro. Os dois times, de Vitória de Santo Antão e Garanhuns, respectivamente, conquistaram a vaga neste domingo (13), na 5ª e última rodada do Hexagonal Final da Série A2 estadual. Além do acesso, o Galo das Tabocas ergueu o título da competição pela quarta vez.

Em Santa Cruz do Capibaribe, o Vera Cruz enfrentou o Ypiranga. Foi a equipe visitante a abrir o placar, com Ruan, aos 17 minutos do primeiro tempo. O empate da Máquina de Costura chegou aos 22 do segundo tempo, com Edson, encerrando o placar em 1×1. O time do Agreste terminou o hexagonal na última colocação, com apenas dois pontos em cinco jogos.

LEIA MAIS:

>Salgueiro aposta na força do Cornélio de Barros para reverter placar e avançar de fase na Série D

Agora, a Série A1 do Pernambucano terá dois times do município da Zona da Mata. Afinal o Vitória das Tabocas, que leva o nome do município, conseguiu a permanência após lutar contra a queda na primeira divisão estadual, na temporada 2020.

Em Garanhuns, o jogo valia o acesso para os dois times em campo. O Sete de Setembro recebeu o Porto e venceu pelo placar de 1×0, no estádio Gigante do Agreste. E o jogo seguiu empatado em 0x0 até os 46 minutos do segundo tempo, o que dava a vaga na Série A1 ao Centro Limoeirense, que vencia o Íbis, por 1×0, em Limoeiro.

Tudo mudou quando Thiago Bagagem marcou um golaço. O jogador recebeu um passe de Nego de Brejão e arriscou de longe, mandando a bola para a rede e o Sete de Setembro de volta à elite do futebol pernambucano depois de 10 anos longe.

O outro jogo do domingo, no estádio Verdão, ficou no 1×0, com o gol do Centro tendo sido marcado por Manteiga, aos 3 minutos do segundo tempo. A equipe ficou em 3º na classificação final, com 9 pontos, um a menos que os dois que subiram. O Porto ficou em 4º, com seis pontos, seguido pelo Íbis, com 5.