Blog

UFMG – Universidade Federal de Minas Gerais

Evento acadêmico

Nesta quinta-feira, 5 de novembro de 2020, será realizado o webinário Introdução de nanomateriais na cadeia de valor dos polímeros: como promover a interface entre P&D e indústria. O evento, que contará com a participação dos pesquisadores Vinícius Gomide de Castro e Marcos Daniel Vozer Felisberto, integra a programação de dez anos do Centro de Tecnologia em Nanomateriais e Grafeno (CTNano) da UFMG. Durante o encontro serão apresentados exemplos da aplicação de polímeros em nanomateriais, desenvolvidos pelo CTnano, empregados nas indústrias de petróleo e gás, têxtil e na mineração. 

O webinário será transmitido ao vivo a partir das 15h no canal do CTNano no YouTube e na página da Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa (Fundep) no Facebook. As inscrições, gratuitas, podem ser feitas na plataforma Sympla.

Vinícius Gomide e Marcos Felisberto vão apresentar projetos nos quais polímeros são aplicados no desenvolvimento de novos materiais, como um plástico mais resistente, um adesivo e uma tinta condutora de eletricidade. “Nosso objetivo é mostrar o nosso trabalho e os processos de desenvolvimento dos produtos com qualidade e em escala adequada que sejam validados pela indústria e despertem interesse concreto do mercado”, explica Gomide.

Em sua apresentação, Gomide de Castro apresentará dois exemplos práticos de polímeros desenvolvidos no CTNano para a indústria de petróleo e gás, que promovem reforço estrutural em peças utilizadas nas plataformas de exploração, melhorando a segurança e reduzindo a frequência de trocas dos materiais.

Com outros dois exemplos de aplicação de polímeros em nanomateriais, o físico e pesquisador Marcos Daniel Vozer Felisberto apresenta durante  o webinário um tipo de plástico mais durável e resistente a impactos. O material é utilizado no revestimento de algumas máquinas para aprimorar a qualidade mecânica e aumentar a vida útil dos componentes. Ele também participa do desenvolvimento de uma tinta condutora de eletricidade para aplicação na indústria têxtil. A proposta é que o produto seja utilizado em roupas com tecidos inteligentes que poderá ter em sua composição sensores de temperatura ou de frequência cardíaca sem a necessidade de um fio para conduzir a eletricidade de um lado a outro.

Desde a sua fundação, o CT Nano trabalha com o desenvolvimento de polímeros em uma iniciativa liderada pela professora da UFMG, Glaura Goulart Silva, do departamento de Química.

Programação comemorativa
O webinário desta quinta-feira faz parte da programação comemorativa dos 10 anos do Centro de Tecnologia em Nanomateriais e Grafeno da UFMG, que contará ainda com mais três encontros neste mês: no dia 12, sobre pesquisas com a aplicação de nanotubos para a melhoria de processos de produção do cimento; no dia 19, o tema são os nanotubos aplicados à saúde e questões de natureza legal. Por fim, no dia 26, uma mesa-redonda, com presença da reitora Sandra Regina Almeida Goulart, vai celebrar a década de existência do CT Nano.