Pular para o conteúdo

Teste Nissan Kicks XPlay: O descoladão das ruas

Edições especiais podem surgir de todas as formas. Pode ser uma comemoração de um evento, como foi com Kicks Rio 2016 ou o Kicks UEFA. Em outros casos, pode só trazer alguns equipamentos e detalhes visuais de uma versão mais cara, algo feito no Kicks Special Edition. Desta vez, a Nissan quis apostar em algo diferente com o Kicks XPlay, que traz não só um design especial, como também uma arte digital do carro que pode ser vendida depois.

Custando R$ 122.990, o Nissan Kicks XPlay se posiciona entre as versões Advance e Exclusive, trazendo os itens da primeira, mas adicionando um equipamento exclusivo: carregador wireless para celulares, um item oferecido como acessórios nas concessionárias. De resto, conta com chave presencial, direção elétrica, central multimídia com tela de 8” compatível com Android Auto e Apple CarPlay, iluminação diurna em LED, câmera de ré, sensor de estacionamento traseiro, computador de bordo com display TFT de 7”, controle de cruzeiro, retrovisor eletrocrômico, 6 airbags e controles de tração e estabilidade.

Só que adicionar um acessório não é o suficiente para diferenciá-lo da versão Advanced com o pacote Tech Plus. Para isso, a Nissan mexeu um pouco no visual, adicionando uma pintura vermelha escura nos retrovisores laterais, teto e para-choque, além de detalhes em preto brilhante.

O que realmente faz esta versão se destacar é a asa traseira preta logo no final do teto, algo incomum em um SUV compacto. Para fechar, tem adesivos na coluna C em forma de setas e o emblema da versão na tampa do porta-malas. Do lado de dentro, o Kicks XPlay é um pouco mais contido. O mesmo tom vermelho é usado nas soleiras, saídas de ar, base do volante e na costura dos bancos dianteiros.

Nissan Kicks XPlay 2022
Nissan Kicks XPlay 2022
Nissan Kicks XPlay 2022
Nissan Kicks XPlay 2022

É o suficiente para que seja uma das edições mais chamativas do Kicks, disputando com o Kicks Rio 2016 e sua exclusiva pintura branca e laranja. E, como terá só 1.000 unidades produzidas para o Brasil, não será fácil vê-lo pelas ruas, algo que pode agradar quem gosta de ter um carro exclusivo, principalmente para um dos SUVs compactos mais vendidos do país.

O que faz com que esta seja uma versão incomum foi a ideia da Nissan de entregar os esboços do Kicks reestilizado para o artista brasileiro Fesq, que usou para criar obras digitais únicas do SUV. Cada uma das 1.000 unidades vendidas traz uma arte exclusiva, registrada por um Non Fugible Token (NFT), podendo ser registrado em uma carteira digital e vendida posteriormente. É uma aposta da marca e do cliente, pois a arte pode tornar-se valiosa após alguns anos (ou se Fesq tornar-se um bem nome famoso no mundo da arte), como também pode não dar certo.

Nissan Kicks Sense manual 2022

Tirando tudo isso, é o Kicks que já conhecemos muito bem, equipado com o motor 1.6 16V aspirado de quatro cilindros, entregando 114 cv a 5.600 rpm e 15,5 kgfm de torque máximo a 4.000 rpm. Como é uma das versões mais caras, a XPlay utiliza a transmissão automática do tipo CVT, simulando 6 marchas. Ou seja, é o mesmo conjunto que todas as outras versões, sem qualquer alteração.

Isto é bom e ruim ao mesmo tempo. O Kicks é um carro muito leve, pesando apenas 1.136 kg, então suas acelerações parecem mais vigorosas e tem muita agilidade na vida urbana, algo que sempre elogiamos aqui no Motor1.com. Sua construção ajuda a deixá-lo mais próximo de um hatchback do que de um utilitário, ao menos no comportamento da carroceria. É difícil sentí-lo balançar, sendo necessário forçá-lo consideravalmente em uma curva em alta velocidade.

Nissan Kicks XPlay 2022

O consumo é um de seus pontos fortes, considerando que não tem um motor turbo. Nos nossos testes, registrou 7,8 km/litro na cidade, bem próximo de alguns modelos turbinados. O Volkswagen Nivus, por exemplo, fez 8,1 km/litro. Só que, ainda assim, você vai acabar parando com certa frequência nos postos de combustível, pois o seu tanque tem capacidade para 41 litros, um dos menores valores da categoria.

Enquanto o motor é bom na cidade, isso muda bastante na estrada, onde exige mais tempo com o pé fundo no acelerador para uma retomada. Não é à toa que precisou de 8,8 segundos para ir de 40 a 100 km/h (e 8,9 s de 80 a 120 km/h). E isso usando a função Overdrive do câmbio CVT, que muita gente nem lembra que existe pois o botão fica escondido na parte de trás da alavanca. Ao fazer isso, a transmissão faz com que o motor grite bastante, o que até foi suavizado com uma melhora do isolamento acústico e um novo para-brisa, mas não consegue silenciar totalmente o ruído que entra na cabine.

Nissan Kicks XPlay 2022

A pergunta que você deve fazer para si mesmo é: vale pagar um pouco mais pelo Nissan Kicks XPlay? Ter o carregador wireless para smartphones ajuda em alguns momentos, mas gostar do visual “esportivo” vai depender do gosto pessoal. Para quem já gosta de ter carros que seja diferentes (o tipo de pessoa que foge das cores manjadas do mercado, por exemplo), o design desta versão até pode agradar.

Nissan Kicks XPlay 2022

Porém, por R$ 131.290, apenas R$ 2 mil a mais, você pode comprar o Kicks na versão Exclusive que é bem mais equipadas, contando com faróis full-LED, ar-condicionado digital, retrovisores com rebatimento elétrico, sistema de som da Bose e câmera 360°, o que já compensa a falta do carregador sem fio (que pode ser colocado separadamente, já que é um acessório original).

Ou, se puder gastar um pouco mais e quiser continuar no Kicks, a versão Exclusive com o Pack Tech sai por R$ 135.790 e adiciona monitoramento de ponto cego, alerta de tráfego cruzado, frenagem automática de emergência, alerta de saída de faixa e faróis com ajuste automático de altura e de farol alto.

Fonte motor1.uol.com.br

Todos os direitos reservados a seus autores

Conteúdo indexado da Internet de postagem pública

Caso deseje a remoção, envie este link e a prova de autoria para nosso email para exclusão.

Falar com Atendente
1
Fale Conosco
Fale conosco!