Pular para o conteúdo

Schiaparelli | Alta-costura | Inverno 2022 – Vogue

  • por

Schiaparelli (Foto: Divulgação/ Daniel Roseberry)

A Schiaparelli abre oficialmente a temporada de alta-costura nesta segunda-feira com mais uma demonstração do trabalho fantástico do diretor criativo texano Daniel Roseberry, que assumiu a casa há dois anos. Herdeiro à altura do legado da fundadora Elsa Schiaparelli, ele honra a bravura da estilista em criações arrojadas e audaciosas, que ultrapassam o limite do que se imagina da couture. Em sua quarta coleção de alta-costura, Daniel brincou com o tema toureiro em looks que partem de bases simples e usáveis (como um vestido preto, uma jaqueta de couro ou jeans) e ganham elementos fantasiosos, como bordados surrealistas e enormes bijoux biomórficas – desta vez incluindo referências deliciosas de se desvendar para quem é fã da história da casa, caso das aplicações de rosas que remetem a um casaco desenvolvido por Elsa e Jean Cocteau em 1937. “Esta coleção é assumidamente emocional, tão vertiginosa quanto se apaixonar. É também uma homenagem ao romance, aos excessos, aos sonhos. Existe algo mais urgente hoje do que sonhar grande, do que sonhar com um mundo melhor?”, diz ele.