Blog

Samuel Almeida (PROS) apresenta à Região Noroeste da capital proposta de retomada da economia

A Região Noroeste recebeu neste sábado (24), pela segunda vez, a Carreata da Esperança. Candidato a prefeito, Samuel Almeida (PROS) afirmou durante o evento que “uma gestão de excelência é baseada em propostas simples, eficientes e viáveis, para transformar Goiânia na melhor capital do Brasil para se viver. Para isso não adianta buscar soluções demoradas, é preciso atitudes urgentes que sejam aplicadas já nos primeiros dias de 2021”.

Samuel destacou, que além de pensar a retomada da economia no pós-pandemia, Goiânia precisa de soluções que fomentem as vocações de bairros, para incentivar os pequenos comerciantes. Sua proposta é realizar parceiras com as universidades para estudar a vocação de cada bairro para investir no fomento à economia local.

Economia têxtil

O candidato citou a necessidade de atrair uma indústria têxtil limpa para Goiânia, principalmente, para a Região Noroeste, que abriga a maior parte das faccionistas da capital. “O Brasil é o quarto produtor mundial de algodão, e Goiás está entre os cinco primeiros do país. A gente vende algodão para outros estados e compra tecido, temos que mudar essa lógica e investir na vocação do município, de seus bairros”, conclui Samuel.

Outro projeto pensado para fomentar a economia dos bairros é o Vale Creche. “Com o Vale Creche, no valor de R$ 300, estamos pensando em duas situações de impacto para a economia, a primeira é permitir às mães voltarem a trabalhar, já que terão lugar para acolher suas crianças. A segunda, a possibilidade de novos empregos que serão gerados através dessas novas creches”, ressaltou eu seu discurso de encerramento.

Ao lado do vice Marcelo Freitas (PRTB), Samuel percorreu alguns dos principais bairros da Região Noroeste de Goiânia, saindo da Avenida José Inácio Sobrinho, no Setor Marabá e passando pelo Jardim Colorado; Setor Morada do Sol; Residencial Fortaleza; Parque Tremendão; Jardim das Hortênsias, com encerramento no Setor Cândida de Morais.