fbpx

Projeto oferece emprego temporário para costurar máscaras de proteção

O projeto ‘Comunidade Protegida’ realizado pelo Instituto Cidadania Para Todos, recebe até próxima sexta-feira (3), inscrições de pessoas que saibam costurar e desejam fazer produção de máscaras protetoras de pano. A instituição disponibilizou 50 vagas para novos contratados, que irão trabalhar de forma remunerada e em casa. É necessário ter experiência para participar do processo e ter máquina de costura. 

O contato já pode ser realizado exclusivamente pelo WhatsApp (81) 9 9340-9024, incluindo a inscrição da pessoa que deve ter idade mínima de 18 anos. As empresas interessadas no porte de MEI e ME também poderão participar do projeto. Outros procedimentos como: apresentação detalhada da proposta, assinatura do contrato, logística de pagamento e entrega das máscaras, serão tratados diretamente pelo telefone com os selecionados.

Comunidade Protegida é um projeto que visa atender pessoas em situação de vulnerabilidade social a se proteger do coronavírus. Para isso, oferece máscaras de proteção gratuitamente, e por meio disso mobilizações do terceiro setor, promove oportunidades de geração de renda e faturamento para pessoas e empresas que realizam trabalho de confecção de corte e costura.

A iniciativa é desenvolvida pelo instituto pernambucano Cidadania Para Todos, que há 11 anos tem foco em ações sociais voltadas para projetos de cidadania, educação, esportes, cultura, arte e lazer. As iniciativas do Cidadania estão focadas em Pernambuco, mas as parcerias vão além das fronteiras do Estado. A organização tem trabalhos com organizações privadas da região Sul-Sudeste e no exterior.

Veja também

Aposta

Mega-Sena acumula e próximo sorteio deve pagar R$ 27 milhões

Entregadores defendem preço mínimo por corrida unificado a todos os apps

Trabalho

Entregadores defendem preço mínimo por corrida unificado a todos os apps

%d blogueiros gostam disto: