Programa do Itaú para candidato PcD seleciona profissionais de TI

  • por

O Itaú Unibanco está com oportunidades de emprego abertas para o DiversiTech, programa voltado para pessoas com deficiência (PcD). A oferta é para quem estuda ou trabalha com Engenharia de Software, Dados, Segurança da Informação, Projetos e Processos em TI e Arquitetura em todos os níveis de conhecimento (júnior, pleno e sênior).

Os profissionais atuarão em times ágeis e multidisciplinares com temas de Tecnologia: Engenharia de Software, Dados, Segurança da Informação, Projetos e Processos em TI e Arquitetura.

Eles também serão responsáveis por estudar tendências de mercado de tecnologia para contribuir com insights para evolução do negócio. As oportunidades estão disponíveis para todo país. As inscrições ficam abertas até 1º de agosto, pelo site Vagas.com.

O valor da remuneração será a combinar, porém, de forma compatível com o mercado financeiro. Os selecionados terão direito aos seguintes benefícios:

  • Assistência médica;
  • Assistência odontológica;
  • Seguro de vida;
  • Auxílio-refeição;
  • Auxílio-alimentação;
  • Vale-transporte ;
  • Participação nos Lucros e Resultados;
  • Previdência Complementar.

+ B2W abre vagas, na área de Tecnologia exclusivas para mulheres

Além disso, os profissionais terão horário flexível, convênio com o Gympass, Smartfit e Bio Ritmo, convênio com a Univers (Drogasil e Droga Raia), visitas, reservas e hospedagem no Itaú Unibanco Clube (Guarapiranga, Itanhaém e São Sebastião).

 

Itaú Unibanco abre oportunidades de emprego para pessoas com
deficiência (Foto: Divulgação)

 

Além do Mundo IU (vantagens e descontos em lojas e serviços de diversos parceiros no Brasil e na América Latina), bicicletário, ambientes de descompressão: sala de jogos, música, leitura, etc. Galeria de serviços dentro dos polos: restaurante, refeitório, café, esmalteria, espaço de massagem, lavanderia, ateliê de costura, livraria e papelaria, farmácia e academia.

O Itaú não informou o número total de vagas abertas nem o quantitativo por região. 

+ Intercâmbio com acessibilidade: conheça os melhores destinos para PCDs

Objetivo do programa é valorizar os profissionais

De acordo com o Itaú Unibanco, a meta do programa DiversiTech é valorizar os profissionais. “Pessoas são o nosso maior ativo, pois cuidam do nosso bem mais precioso: o cliente. Por isso, vivemos verdadeiramente a nossa cultura organizacional, valorizamos e respeitamos a diversidade e o protagonismo dos nossos colaboradores em todas as nossas relações”, diz a empresa.

enlightened O Itaú espera por um profissional autêntico, inclusive na forma de se vestir, para exercer todo o seu potencial, focar no seu desenvolvimento e nas soluções para os nossos clientes. Na Tecnologia, os times são multidisciplinares, com diversas especialidades, e trabalham com práticas ágeis e lean, focadas no aprendizado contínuo e colaboração.

Além disso, o banco se diz inclusivo quanto à raça, mulheres, LGBT e Pessoas com Deficiência. Os colaboradores protagonizam pautas importantes da sociedade e contribuem com a transformação e centralidade no cliente.

Botão com link para newsletter

O banco busca ser cada vez mais digital nas soluções e humano na experiência e no contato com as pessoas. “Queremos encantar os nossos clientes, no Brasil e nos demais 17 países em que o Itaú Unibanco está presente, com soluções que atendam suas necessidades e expectativas”, consta na descrição da vaga do DiversiTech.

Apostar no poder da tecnologia e das pessoas para conectar e transformar a experiência dos clientes é o objetivo. Por isso, o Itaú investe na busca de talentos apaixonados por tecnologia que queiram ser protagonistas dessa evolução e parte de um time sempre antenado em tendências e inovações.

“Queremos ser a empresa que as pessoas – de qualquer raça, idade, classe e orientação sexual, com ou sem deficiência – escolham como lugar onde vão se desenvolver e contribuir para a realização de sonhos: delas, do banco e dos nossos clientes”, conclui o banco.