Pular para o conteúdo

Portal Santarém – Instituto Hidrovias inicia programa de capacitação de corte-costura às mulheres de Miritituba

  • por

O Instituto Hidrovias, braço de responsabilidade social da Hidrovias do Brasil S.A – empresa de logística integrada com forte atuação no Arco Norte – lança na próxima segunda-feira (26) o Programa Tecer, uma iniciativa que promove, em parceria com o Lixo Xiki, a reutilização de insumos para geração de renda, por meio da capacitação em corte-costura destinado à moradoras de Itaituba, no sudoeste do Pará. Ao todo, vinte mulheres serão contempladas no curso, que será dividido em três módulos durante os meses de julho, agosto e setembro, atuando num modelo de “incubadora de projeto”, e tem como foco estimular o empreendedorismo feminino e a reciclagem de materiais por meio da costura. 

A capacitação acontecerá em duas turmas, de manhã e à tarde, e será conduzida pela idealizadora do Lixo Xiki, projeto apoiado pela Hidrovias do Brasil que visa transformar materiais que seriam descartados em novos itens. O curso será realizado nas dependências do Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) de Miritituba, com apoio da Secretaria Municipal de Assistência Social. O primeiro módulo será realizado entre os dias 26 e 30 de julho, sendo que no último dia será realizada a entrega do certificado de conclusão. “A gente agradece imensamente a Hidrovias do Brasil por mais esta parceria com o CRAS III. Muitas mulheres já estão inseridas no mercado de trabalho por meio desses cursos de capacitação. A população de Miritituba agradece”, diz Solange Moreira de Aguiar, Secretária Municipal de Assistência Social de Itaituba. 

Cerca de R$ 30 mil foram investidos pelo Instituto Hidrovias na compra de equipamentos e na estrutura do curso. “Temos o compromisso de promover o desenvolvimento sustentável nas localidades onde atuamos. Parte deste compromisso se dá na oferta de capacitação, somado à formação de lideranças femininas para que possam sustentar o negócio ao longo do tempo. Esta iniciativa teve início em 2018, com o treinamento das alunas sobre como abrir e gerir uma empresa. Culmina na doação de insumos e capacitação técnica. Aproveitamos o conhecimento desenvolvido pelo Lixo Xiki e ajudamos a catalisar e dar escala às boas ideias”, afirma Adriana Rosa, gerente de sustentabilidade da Hidrovias do Brasil, que estará em Miritituba para o lançamento do Projeto Tecer. 

SOBRE A HIDROVIAS DO BRASIL 

A Hidrovias do Brasil é uma empresa de logística integrada com foco no aproveitamento do transporte hidroviário, em toda a América Latina. No Corredor Logístico Norte (Miritituba-Barcarena, Pará), a empresa oferece uma alternativa logística integrada para o transporte e escoamento de grãos da região Centro-Oeste do Brasil, além da operação de cabotagem para transporte de minérios. Para estas operações, foram investidos mais de R$ 2 bilhões na região, que tem capacidade de movimentar mais de 7,0 milhões de toneladas de grãos por ano. 

Já no Corredor Logístico Sul, a empresa opera por meio da Hidrovia Paraguai-Paraná, tendo movimentado quase 3 milhões de toneladas de cargas diversas em 2020, como commodities agrícolas, minérios, fertilizantes, celulose, entre outras. A Hidrovias do Brasil foi fundada em 2010 pelo fundo de infraestrutura do Pátria Investimentos, e passou a ser listada na B3 (Brasil, Bolsa, Balcão) em setembro de 2020, no segmento do Novo Mercado, que contempla as empresas que apresentam os mais elevados padrões de governança da bolsa de valores de São Paulo. Mais informações: www.hbsa.com.br 

Por:  Leo Nunes (Assessoria de comunicação) 

Fonte: Portal Santarém