Penitenciária Modulada Estadual de Ijuí vai gerar mais 70 vagas de trabalho

  • por

Empresa que atua no ramo de embalagens e de descartáveis se instalou em um dos pavilhões de trabalho da penitenciária

A Penitenciária Modulada Estadual de Ijuí vem se destacando na geração de emprego para apenados. Em maio, a empresa JSOMA assessoria empresarial, que atua no ramo de embalagens e de descartáveis, se instalou em um dos pavilhões de trabalho da Penitenciária.

Na ocasião, 19 apenados que cumprem pena no regime fechado da unidade prisional passaram por seleção psicossocial, treinamento e iniciaram os trabalhos, sendo, destes, 15 homens e quatro mulheres. Hoje 40 apenados estão atuando nesse segmento (31 homens e nove mulheres).

O resultado tem sido tão positivo que a empresa, após um estudo de viabilidade, está ampliando seu ramo de produção e passará a contar com a mão de obra prisional da PMEI para a fabricação de uniformes para frigoríficos.

A empresa já adaptou um segundo pavilhão de trabalho e deve instalar 28 máquinas de costura industrial, com previsão de gerar mais 30 vagas de emprego, totalizando 70 vagas até o final de outubro.

Conforme o chefe do setor de Atividade de Segurança e Disciplina (ASD) adjunto e coordenador de projetos da Penitenciária, Cidinei Cichoves, o termo de cooperação assinado com a empresa está sendo renovado e previa inicialmente a possibilidade de contratação de até 60 pessoas presas, meta que já está sendo ultrapassada.  

Segundo Cidinei, o convênio tem dois diferenciais. O primeiro é o repasse de 10% do fundo penitenciário, que fica destinado à casa prisional, ajudando na sustentabilidade da Penitenciária. O segundo é a remuneração através de um plano de metas, baseado na produtividade, no qual as pessoas presas poderão ganhar de 75% a 120% do salário mínimo. Nesse caso, trata-se da primeira parceria com essa modalidade no sistema prisional do RS.

Visita técnica

No último dia 3, o superintendente da Susepe, Cesar da Veiga, o Superintendente adjunto Everson Munhoz e o diretor do Departamento de Tratamento Penal da Seapen e da Susepe, enfermeiro Tadeu Zampiron conheceram o pavilhão de trabalho na Modulada de Ijuí.  

Na ocasião, Veiga afirmou que a Penitenciária de Ijuí está de parabéns pelos resultados alcançados e que ela está alinhada com a política de governo, da Seapen e da Susepe que tem, no trabalho prisional, o seu principal foco.