Pular para o conteúdo

Paysandu apresenta uniforme em celebração aos 20 anos da tríplice coroa | paysandu – Blog Ceará Máquinas



Procurando Máquinas de Costura com Qualidade, e Garantia?
Siga-nos no instagram!

O Paysandu apresentou nesta terça-feira, dia 19, o uniforme que celebra os 20 anos da conquista da Tríplice Coroa – Campeonato Paraense, Copa Norte e Copa dos Campeões. O anúncio da camisa III, que será utilizada pela equipe bicolor, foi feito através das redes sociais do clube.

O lançamento oficial do terceiro uniforme será nesta quarta-feira, dia 20, em um evento especial na Curuzu. Vai ser realizado um treino aberto com o elenco atual e um “super jogo” com a presença dos ídolos que estiveram presentes naqueles títulos. O evento será aberto para os torcedores.

O modelo masculino custa R$ 249 e o feminino R$ 238 e já estão à venda nas Lojas Lobo.

A camisa tem o tom dourado e amarelo. O escudo é bordado na cor verde, que simboliza a conquista nacional. A marca Lobo recebe a mesma cor, mas não é bordada. A manga e a gola também são verde. O uniforme ainda carrega um QR Code, que direciona o torcedor a relembrar aquele feito raro e marcante na história do clube.

O caminho para a conquista da tríplice coroa começou no ano 2000, quando o Givanildo Oliveira chegou ao Paysandu para montar um time que ficaria para sempre na história do clube.

No dia 28 de abril de 2002, em uma Curuzu lotada, o Paysandu derrotou o São Raimundo-AM por 3 a 0, com dois gols de Lecheva e um de Sandro Goiano, e faturou a taça de campeão da Copa Norte daquele ano.

A segunda conquista foi no dia 16 de junho. O Papão derrotou a Tuna também por 3 a 0, no Mangueirão, com gols de Valdomiro, Sandro Goiano e Albertinho, e se levantou o troféu de campeão do Campeonato Paraense.

O ponto alto viria meses depois: a Copa dos Campeões. Depois de eliminar equipes Corinthians e Náutico na fase de grupos e Bahia e Palmeiras no mata-mata, o Paysandu tinha como adversário na final o Cruzeiro. A equipe mineira venceu o jogo de ida por 2 a 1, em Belém.

Contudo, no dia 4 de agosto, a história foi feita. Em jogo tenso no Estádio Castelão, em Fortaleza (CE), a equipe conseguiu virar o placar e vencer por 4 a 3, com três gols de Vandick e um de Jobson. Na disputa de pênaltis, 3 a 0 para o Papão e a taça da última edição da Copa dos Campeões, que rendeu vaga na Copa Libertadores da América de 2003.

Fonte ge.globo.com

Todos os direitos reservados a seus autores

Conteúdo indexado da Internet de postagem pública

Caso deseje a remoção, envie este link e a prova de autoria para nosso email para exclusão.

Falar com Atendente
1
Fale Conosco
Fale conosco!