Para consolidar reaproximação, Ibaneis marca almoço com distritais da base

  • por

Pela segunda vez nesta semana, o governador Ibaneis Rocha (MDB) terá uma reunião com os deputados da base aliada e simpatizantes. O novo encontro será nesta sexta-feira (2/9), às 13h, na Residência Oficial de Águas Claras. O chefe do Executivo local quer solidificar a recente reaproximação com os parlamentares governistas. Quatorze distritais foram convidados.

O Programa de Incentivo à Regularização Fiscal do Distrito Federal, o Refis-DF 2020, deve ser um dos principais pontos a serem tratados. O governo não conseguiu, ao fim do primeiro semestre, aprovar o projeto que prevê descontos para devedores quitarem dívidas em aberto com os cofres públicos. A princípio, o Palácio do Buriti só voltaria a tratar do tema em 2021. Mas a Câmara Legislativa começou um movimento para antecipar a discussão. A deputada Júlia Lucy (Novo) conseguiu assinaturas de 14 parlamentares para viabilizar a recondução da matéria neste ano.

Agora, o Executivo costura um acordo, para enviar nova proposta. Ibaneis reuniu-se com os distritais, na terça-feira (29/9), no Palácio do Buriti. Além do Refis, o governador comentou projetos e assuntos de interesse do governo, como a privatização da Companhia Energética de Brasília (CEB), o fim do limite de comissionados e a autorização para habitação no Setor Comercial Sul (SCS).

No primeiro encontro, participaram o presidente da Câmara, Rafael Prudente (MDB), o vice-presidente, Rodrigo Delmasso (Republicanos), o líder do governo na Casa, Cláudio Abrantes (PDT), além dos deputados Jorge Vianna (Podemos), Daniel Donizet (PL), Martins Machado (Republicanos), o delegado Fernando Fernandes (Pros), Roosevelt Vilela (PSB), João Cardoso (Avante), Jaqueline Silva (PTB), Agaciel Maia (PL), Valdelino Barcelos (PP), Iolando Almeida (PSC), Hermeto (MDB) e José Gomes (PSB).