Pular para o conteúdo

O tricô é a textura da vez!

  • por

postado em 25/07/2021 09:00


(crédito: Aimee Song/Instagram)

Um único fio se entrelaça com duas agulhas, criando cada ponto. A estilista Elsa Schiaparelli introduziu a técnica milenar na alta-costura no fim dos anos 1920. Na época, o tricô foi feito de forma artesanal e usado para criar uma peça com ar esportivo que, hoje, é icônica na moda. O trabalho foi seguido por Coco Chanel pouco tempo depois. De lá para cá, o tricô passou a ser produzido nas indústrias, e há quem diga que perdeu em termos de qualidade nos anos 1980.

Não é mais o “tricô da vovó”. Agora, ele aparece em vários formatos, com looks do clássico ao street. A técnica foi um dos pontos altos na 51ª edição do São Paulo Fashion Week, ao lado de materiais que também remetem ao feito à mão, como o crochê.

A consultora de imagem Stela Moncaio, head de desenvolvimento da Neuf, aponta para a variedade de opções com o tricô. A tendência da roupa de ficar em casa (o “homewear”), que preencheu a história no último ano, coloca o tricô em tudo. O oversized ganha espaço com coletes, suéteres e cardigans. “Em modelos mais alongados, o tricô dá a impressão de uma silhueta mais longilínea”, explica Stela.

Embora quentinho, ele não está restrito ao inverno. Na contramão das opções mais longas e fechadas, aparece em vestimentas mais frescas, a exemplo de tops, vestidos e no comprimento cropped, tanto em blusas quanto em calças. Tradicional, curto ou alongado, a consultora garante que o tricô casa bem com calça jeans, couro, alfaiataria e, dependendo da peça, até vestido ou chemise para uma sobreposição com contraste.

Para a personal stylist Karol Stahr, do canal Estilo sem regras, as opções justas ao corpo, em tramas com elastano, são mais casuais e esportivas. Uma maneira de deixá-las mais sofisticadas é combinar com pantalona e calçado mais alto.

As estampas não ficam de fora! As padronagens clássicas, como a pied de poule e a animal print, e as que têm uma pegada engraçada, como corações e listras coloridas, estão super em alta.

Manutenção essencial

As especialistas recomendam lavar o tricô à mão. É importante evitar o contato com outros tecidos que tenham aplicações, bordados, tachas ou spikes. Na hora de usar, cuidado com objetos que possam prender. Acessórios como anéis ou bolsas de palha costumam causar atrito.

Depois, na secagem, o ideal é não pendurar a peça. Ela seca melhor deitada. “A elasticidade do fio aumenta de tamanho se o tricô estiver pendurado, pelo próprio peso da peça. Com o tempo, pode deformá-lo”, explica Stela. No armário, o tricô vai dobrado deitado. A especialista também sugere guardá-lo em um saquinho para separá-lo de outras roupas que possam puxar os fios. Apesar das recomendações gerais, alguns cuidados dependerão das indicações na etiqueta, como de praxe.

Outro ponto importante é prestar atenção à composição do tricô, que pode ser um indicativo do quão agradável ele será na pele. As coceiras que muitas pessoas sentem com a gola alta, por exemplo, ocorrem devido à textura do pelo natural, usado para alguns tricôs. Por isso, se misturado com algodão, ele fica mais macio ao toque.

 Sobreposição


O colete oversized com decote em V soma informação de moda a um item tradicional e permite várias combinações

O colete oversized com decote em V soma informação de moda a um item tradicional e permite várias combinações
(foto: Hanna Lassen/Getty Images)

Conjunto + padronagem


O duo top e cardigan é uma ótima pedida para os dias de tempo ameno. Dá para ousar nas padronagens

O duo top e cardigan é uma ótima pedida para os dias de tempo ameno. Dá para ousar nas padronagens
(foto: Aimee Song/Instagram)

Gola alta


Clássico, o tricô de gola alta ajuda a proteger a região do pescoço no frio e, em versões de manga curta, é item coringa. A modelagem ampla atualiza o visual

Clássico, o tricô de gola alta ajuda a proteger a região do pescoço no frio e, em versões de manga curta, é item coringa. A modelagem ampla atualiza o visual
(foto: Aimee Song/Instagram)

Versão Chunky


No modelo usado pela atriz Isis Valverde, o tricô é grosso e dá um resultado volumoso. Embora menos presente no dia a dia, as passarelas anunciam a técnica

No modelo usado pela atriz Isis Valverde, o tricô é grosso e dá um resultado volumoso. Embora menos presente no dia a dia, as passarelas anunciam a técnica
(foto: Isis Valverde/Instagram)

Monocromático e tom sobre tom


Seja uma cor só, seja nude em doistons, o tricô evita looks pálidos

Seja uma cor só, seja nude em doistons, o tricô evita looks pálidos
(foto: Wuzg00d/Instagram)


Consuelo Blocker/Instagram

Consuelo Blocker/Instagram
(foto: Consuelo Blocker/Instagram)

  • Clássico, o tricô de gola alta ajuda a proteger a região do pescoço no frio e, em versões de manga curta, é item coringa. A modelagem ampla atualiza o visual

    Clássico, o tricô de gola alta ajuda a proteger a região do pescoço no frio e, em versões de manga curta, é item coringa. A modelagem ampla atualiza o visual


    Foto: Aimee Song/Instagram

  • O colete oversized com decote em V soma informação de moda a um item tradicional e permite várias combinações

    O colete oversized com decote em V soma informação de moda a um item tradicional e permite várias combinações
    Foto: Hanna Lassen/Getty Images

  • O duo top e cardigan é uma ótima pedida para os dias de tempo ameno. Dá para ousar nas padronagens

    O duo top e cardigan é uma ótima pedida para os dias de tempo ameno. Dá para ousar nas padronagens


    Foto: Aimee Song/Instagram

  • No modelo usado pela atriz Isis Valverde, o tricô é grosso e dá um resultado volumoso. Embora menos presente no dia a dia, as passarelas anunciam a técnica

    No modelo usado pela atriz Isis Valverde, o tricô é grosso e dá um resultado volumoso. Embora menos presente no dia a dia, as passarelas anunciam a técnica
    Foto: Isis Valverde/Instagram

  • Seja uma cor só, seja nude em doistons, o tricô evita looks pálidos

    Seja uma cor só, seja nude em doistons, o tricô evita looks pálidos
    Foto: Wuzg00d/Instagram

  • Consuelo Blocker/Instagram

    Consuelo Blocker/Instagram
    Foto: Consuelo Blocker/Instagram