Pular para o conteúdo

‘Não abandonei meus filhos’: o mistério de crianças ‘desaparecidas’ na China

  • por

  • John Sudworth
  • BBC News, Taiwan

Legenda da foto,

Kalbinur, fotografada com seu filho Merziye, costura roupas para sustentar sua família

Nos últimos dois anos, as autoridades chinesas prometeram repetidamente ajudar a encontrar crianças desaparecidas em Xinjiang, no noroeste do país, para provar que não foram separadas à força de seus pais. Essas promessas não foram cumpridas, como mostra o repórter John Sudworth.

A primeira vez que a China fez uma promessa pública de ajudar a encontrar os filhos de Kalbinur Tursan foi em 2019.

“Se você tem pessoas que perderam seus filhos, me dê os nomes delas”, disse o então embaixador da China no Reino Unido, Liu Xiaoming, à BBC em uma entrevista ao vivo para a televisão em julho daquele ano.

Liu negou que as políticas da China na região de Xinjiang, no extremo oeste, possam estar levando à separação em grande escala das crianças de seus pais, mas, disse ele, se tivéssemos tais evidências, ele investigaria.