Pular para o conteúdo

Musk promete mostrar dispositivo Neuralink em funcionamento nesta sexta

  • por

Anualmente, a Neuralink, startup de biotecnologia de Elon Musk, realiza um evento para mostrar seus avanos. Neste ano, isso vai acontecer nesta sexta-feira (28) e Musk promete mostrar um “dispositivo Neuralink funcionando”. O evento tem incio s 19h no horrio de Braslia e vai ser transmitido ao vivo pelo Olhar Digital.

No ano passado, a empresa mostrou uma “mquina de costura” para inserir eletrodos semelhantes a fios no crebro humano, que se conectam a um dispositivo usado atrs da orelha. Os sinais cerebrais podem ser transmitidos por Bluetooth, permitindo que a pessoa controle um computador ou monitore a atividade cerebral.

Para o evento de sexta, Musk afirmou que a tecnologia mostrada seria “incrvel” se comparada com o que j foi mostrado at agora. “No quero ficar muito animado, mas o potencial verdadeiramente transformador para restaurar as funes cerebrais e motoras”, tuitou no incio do ano. esperado que, aps todos esses meses, a startup tenha feito ainda mais progresso neste sentido.

O principal objetivo da Neuralink ajudar pessoas amputadas a restaurar a capacidade de ver, falar e ouvir. Segundo Elon Musk, “um macaco foi capaz de controlar um computador com seu crebro”. Alm disso, no ms passado, o executivo sugeriu que os dispositivos sero capazes de incitar a liberao de hormnios, como ocitocina e serotonina, alm de reproduzir msicas diretamente no crebro dos usurios.

Dispositivo da Neuralink pode restaurar funes cerebrais e motoras. Foto: iStock

Testes em humanos

“O profundo impacto de uma interface neural de grande largura de banda e alta preciso subestimado”, disse Musk durante uma sesso de perguntas e respostas sobre a empresa. “A Neuralink pode ter isto j neste ano. S precisa ser inequivocamente melhor do que o Utah Arrah, que j usado em alguns humanos e tem limitaes severas”.

O Utah Array uma pastilha de silcio contendo 100 “agulhas” com cerca de 3 mm de comprimento. Quando implantado no crebro ele permite “escutar” a atividade dos neurnios na regio, alm de enviar comandos na forma de impulsos eltricos, e pode ser usado no estudo e tratamento da epilepsia. Entretanto, sua instalao um processo delicado, que requer remoo de parte dos ossos do crnio.

Via: Engadget