Pular para o conteúdo

Menino ganha voo livre após construir a própria asa-delta com lona em SC; vídeo

  • por

O garoto que cativou os internautas após ter um vídeo divulgado nas redes sociais em que tentava voar com a asa-delta que ele mesmo construiu teve uma grande surpresa. A gravação dos testes com o equipamento improvisado feito por Igor Bittencourt, de 12 anos, chegou até um piloto que decidiu tornar o sonho do menino em realidade.

> Receba notícias de Brusque e região pelo WhatsApp

O voo livre ocorreu no último domingo (13), no Morro do Pipa, em Canelinha. Foram 10 minutos de emoção e frio na barriga, conta o adolescente de Brusque, no Vale do Itajaí. A paixão por asa-delta sempre existiu. Até que um dia ele e os amigos decidiram usar a criatividade para tirar o projeto do papel.

— Eu e meu primo vimos no Youtube uns vídeos de asa-delta com bambu. Fizemos, só que ficou gigante e muito pesada. A segunda também não deu certo. Essa é a terceira. Eu e meus amigos, Adrian e Gabriel, pegamos os varões da cortina da minha mãe, ela comprou lona e usamos corda de costura mesmo — lembra Igor cheio de entusiasmo.

No dia em que foi flagrado com a asa-delta caseira, ele estava perto de casa, no bairro Bateas. Não tinha muito vento, mas por alguns minutos conseguiu ficar suspenso. Para o garoto já era uma grande conquista. O que ele não sabia é que estava sendo filmado por alguém que conhecia um piloto profissional.

O vídeo chegou rápido ao Dionísio Motta, de Bombinhas. Gago, como é conhecido, tem uma empresa que oferece voos e cursos de asa-delta. Na hora que assistiu, decidiu ir conhecer o garoto e fazer a surpresa. Quando Igor chegou ao Morro do Pipa, acreditava que ia apenas ver como funciona um salto.

Estava enganado. Outro vídeo mostra a reação de menino ao saber que finalmente poderia voar. Tímido, ele não conteve o sorriso e revelou que já chegou a sonhar com aquele momento.

— Estou feliz demais. Não sabia que ia dar tão certo. Agora vou fazer o curso também e com 14 anos vou poder pular da rampa — diz o adolescente que tem planos para uma nova asa-delta, mais aprimorada.

— Para nós foi sem palavras. Uma honra poder realizar o sonho do moleque. Quando a gente viu ele fazendo aquela asa, nossa — conta Rafael Motta, filho e sócio de Dionísio. 

Assista ao voo de Igor