Blog, Costura

Lupo comemora 100 anos contando sua história em campanha na TV

A empresa fabricante brasileira de moda íntima, meias e uniformes de times Lupo completa 100 anos neste domingo (21). A primeira comemoração será feita por meio de um vídeo especial contando sua história, que vai ao ar em rede nacional na TV aberta e fechada.

Numa versão reduzida do filme original, criado pela agência W/McCann, o vídeo mostra a jornada de seu fundador, Henrique Lupo, desde o começo da produção de meias dentro da própria sala de casa até a marca alcançar a liderança de mercado no segmento, crescendo e se adaptando aos diversos cenários do Brasil.

A empresa promete uma série de novidades sob seu novo mote e posicionamento de marca: “dê seu melhor”, coordenado pela agência de publicidade OD Brasil que está por trás de todo o planejamento da campanha e remodelação da marca.

“Esta é a primeira ação deste ano tão importante em que completamos 100 anos. Não podemos dizer que tem sido fácil, principalmente nos últimos meses. Mas estamos juntos, unidos e dando o nosso melhor para toda a sociedade”, ressalta Liliana Aufiero, diretora-presidente da Lupo e neta do fundador Henrique Lupo.

As demais ações serão divulgadas ao longo do ano, assim como a campanha digital.

Primeiro logotipo da Lupo

Sede no interior paulista

A Lupo foi fundada Araraquara, interior do Estado de São Paulo, em 1921. É lá que ainda fica a sede da empresa, que também tem uma unidade em Itabuna, na Bahia. Seu parque industrial é um dos maiores do mundo no segmento, e ela é uma das maiores empresas do setor têxtil do País.

A companhia oferece cerca de 12 mil peças de vestuário. Além disso, a empresa fornece produtos para mais de 35 mil pontos de vendas nacionalmente, exportando para mais de 30 países. É a primeira marca nacional no setor têxtil a alcançar, no INPI, o reconhecimento de marca de Alto Renome.

Representa as marcas Lupo, Lupo Sport, Trifil e Scala. A mais recente é a Lupo Sport, lançada em 2010, voltada para a tecnologia Sem Costura que consegue tecer as peças a partir do fio, com as compressões diferenciadas ao longo do produto.

Imagem: Divulgação