Blog, Costura

Jornal de Pomerode – 60 anos de uma união repleta de histórias

Uma vida inteira dividindo histórias e tarefas na área rural de Pomerode. No dia 10 de dezembro do ano de 1960, Wendelin Siewert e Rovena Krahn iniciavam, oficialmente, uma nova rotina de casados, que, neste ano, chegou aos 60 anos de união. 

 


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

Antes de irem ao altar e oficializar o casamento, os dois pomerodenses namoraram por cerca de seis anos. Foi em um certo dia, em um baile no Salão Belz, de Testo Alto, que Siewert conheceu o que seria a sua futura esposa e mãe dos seus cinco filhos. Para poder ver a namorada, tinha que realizar um trajeto de bicicleta até a casa dela, que ficava localizada na Rua Progresso, onde hoje é a Pousada Hetterich. 

Após se casarem, Rovena só se mudou para a casa de seu marido em janeiro, já que tinha vontade de passar o Natal com os seus pais, Carlos e Wilhelmina Krahn. A mudança foi levada por duas carroças, uma de propriedade do pai de Rovena e outra pertencia a Alberto Siewert, pai de Wendelin. 

 

 

Como de costume, na época, os pais presenteavam os filhos após o casamento. Desta forma, Rovena ganhou um pedaço de terra, duas vacas leiteiras, uma máquina de costura, entre outros, para poder começar a nova vida a dois. A principal economia da família ainda era a venda de leite e de animais como gado, porcos, além dos produtos produzidos de forma artesanal. O milho também era um vegetal muito importante para ajudar na economia da família e seguia os parâmetros da vida familiar da região de Testo Alto. 

Aos poucos, Rovena foi se adaptando à nova realidade, já que, em sua antiga casa, havia energia elétrica e na residência de seu marido e também do sogro, a energia elétrica ainda não tinha chegado, e levou cerca de 10 anos para que chegasse. Até os dias de hoje, o casal reside na mesma casa, a popular Casa Siewert, em Testo Alto.

Em setembro de 1961, nasceu a primeira filha do casal,  Leonilda. Ao total, são cinco filhos frutos do casamento, sendo Alcino, Adir, Rosali e Rogério Siewert. O casal possui nove netos e uma bisneta.

 

Família tirou a máscara apenas para fazer a fotografia. (Foto: Raphael Carrasco / Jornal de Pomerode)

Para o casal, um dos “segredos” para se manter um casamento longo é o respeito ao próximo.

“Quando subimos no altar, olhamos um para o outro e dissemos ‘até que a morte nos separe’. Levamos a sério esta frase ao longo de nossas vidas e sempre tivemos muito respeito um com o outro e construímos uma linda família ao longo desse tempo maravilhoso”, relatam.

Rovena também relembrou de quando cuidava de seus netos e ensinava canções natalinas para as crianças, sendo um momento que guarda com muito carinho na memória.

 

“Praticamente, eu e meu marido cuidamos de todos os nossos netos. Um dos momentos que sempre me lembro é quando nós ensinávamos algumas canções de natal aos netinhos. Era algo muito gostoso, puro. Sempre me lembro disto e guardo como um dos momentos mais emocionantes de nossas vidas”, finaliza.

A família, além de comemorar o aniversário de casamento do casal, teve também um momento de vitória no mês passado, já que Wendelin foi infectado com a Covid-19, se recuperou da doença e venceu o vírus.