Blog, Costura

Girafolhas: ideias criativas e artística com papel

Crédito: Divulgação

Morando em Dourados há dez anos, o artista Raíque de Moura Dias, de 27 anos, criou um jeito ‘novo’ de mostrar o artesanato e suas pinturas, através do ‘Giráfolhas’, um estilo de cadernetas artesanais. “No meu trabalho como artista visual, o que eu desejo comunicar tem uma variação enorme sobre o como eu estava ao produzir as obras, eu não costumo intitular as obras individualmente, normalmente crio séries e dou um nome geral, para que seja abrangida inúmeras possibilidades de leitura”, contou ao O PROGRESSO. 

Os trabalhos não ficam restritos às telas. Outra paixão de Raíque são os cadernos que também seguem o mesmo conceito. Há cinco anos, ele produz encadernação artesanal, e isso começou a despertar em suas viagens e visitações por museus, galerias de artes e feiras. “Faz quase cinco anos que me aventuro nesse universo da encadernação artesanal e nas artes visuais. Eu sempre gostei muito de mexer com papel. Sempre que viajava, eu trazia comigo um caderno/caderneta nova de museus, galerias e feiras de arte. Em determinado momento meu companheiro me incentivou a experimentar fazer minhas próprias cadernetas e então iniciei minha imersão nessa área” destaca.

E como o próprio nome já diz, por se tratar de um trabalho artesanal, feito à mão, todo o processo é lento e exige muita dedicação. Segundo Raíque, o desenvolvimento dos cadernos demora dias já que do corte do papel, colagem das capas e costura, tudo é feito manualmente. 

“Fiz várias pesquisas e buscas por tutoriais, aulas online, cursos, etc. Me instrumentalizei minimamente, comprei um material e fiz as primeiras cadernetas, até então eram para uso próprio. Dias depois, alguns amigos viram e se interessaram, produzi algumas para eles, falaram que era muito boa a ideia e me estimularam a expor o trabalho. E assim nasceu minha marca de cadernetas, que demos o nome de ‘Giráfolhas – Cadernetas Artesanais’”, complementa afirmando que em seguida, já foi convidado para expor seus trabalhos em uma feira de artistas independentes. 

“Foi um sucesso. Ali, tive certeza de que havia um mercado para aquele tipo de produto artesanal. Desde então, tenho me dedicado a esse trabalho nas horas vagas, o que tem sido muito bom para mim enquanto artista, como uma forma de complementar a minha renda. Isso tem ajudado a me manter trabalhando como artista independente, mesmo no atual cenário cultural, o que já pode ser considerado uma grande vitória”. 

Raíque de Moura Dias

Ator, fotógrafo, artista visual, produtor, professor e artesão sul-mato-grossense, Raíque também é bacharel e licenciado em Artes Cênicas pela Universidade Federal da Grande Dourados, atualmente integra a produção do ‘Balaio – Feira Criativa’, e a ‘Feira das Pulgas’, no Casulo – Espaço de Cultura e Arte de Dourados.

Serviço 

Quem se interessar em conhecer mais o trabalho do Raíque pode acessar as suas páginas no Instagram e Facebool. São elas: @giráfolhas – Cadernetas Artesanais (Instagram e Facebook), e @raiquemourailustrador – Ilustrações (Instagram)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Zezãozinho fez sucesso na década de 80 em Dourados
Cultura

Zezãozinho fez sucesso na década de 80 em Dourados

30/11/2020 14:36

Zezãozinho fez sucesso na década de 80 em Dourados

Governo apoia projeto de geração de renda com cerâmicas Kadiwéu
Cultura

Governo apoia projeto de geração de renda com cerâmicas Kadiwéu

27/11/2020 17:16

Governo apoia projeto de geração de renda com cerâmicas Kadiwéu

Obra da UEMS está concorrendo ao Prêmio Jabuti que acontece hoje
Prêmio Jabuti

Obra da UEMS está concorrendo ao Prêmio Jabuti que acontece hoje

26/11/2020 14:09

Obra da UEMS está concorrendo ao Prêmio Jabuti que acontece hoje

Após conclusão do auxílio emergencial, Lei Aldir Blanc beneficiou 121 projetos
Lei Adir Blanc

Após conclusão do auxílio emergencial, Lei Aldir Blanc beneficiou 121 projetos

25/11/2020 16:09

Após conclusão do auxílio emergencial, Lei Aldir Blanc beneficiou 121 projetos

Documentário aborda problemas das crianças indígenas kaiowá e guarani em Dourados
Indígenas

Documentário aborda problemas das crianças indígenas kaiowá e guarani em Dourados

25/11/2020 08:51

Documentário aborda problemas das crianças indígenas kaiowá e guarani em Dourados

Últimas Notícias