Blog, Costura

Festival Afrodisia trará 50 mulheres, entre elas Mariana Aydar, Fabiana Cozza e Roberta Sá




O Festival Afrodisia em Pauta tem programação gratuita e online neste fim de semana

Foto: Festival Afrodisia / Divulgação / Estadão

No mês da mulher, o Festival Afrodisia em Pauta traz programação gratuita e online com participação de 50 mulheres. A segunda edição do evento terá música, painéis de debate, bate-papo e depoimentos, transmitido pelo Youtube da anfitriã Renata Jambeiro nos dias 19, 20 e 21 de março.

Um movimento de sororidade, arte e exaltação à mulher, reúne profissionais reconhecidas de todo o país, que se apresentarão em quadros diversos. No campo musical, a Festa da Vida terá instrumentistas e cantoras convidadas como Fabiana Cozza, Mariana Aydar, Indianna Nomma, Verônica Ferriani, Dorina e Nilze Carvalho para um show carregado de axé, alegria e reflexão.

Moça Bonita traz depoimentos inspiradores e dicas de mulheres talentosas, com participação de Roberta Sá, que irá contar e cantar sua história. Costura faz uma interessante troca de experiências entre as participantes, num bate-papo bem musical em dupla. Já o quadro Reencontro é um painel de debate entre mulheres de diversas áreas, discorrendo sobre assuntos relevantes e atuais. Provocações e reflexões entre o grupo de participantes, cada uma sob sua ótica.

O evento já nasceu online. A primeira edição foi em 2020, com contribuições voluntárias para as artistas que tiveram seus trabalhos interrompidos pelo isolamento social. Renata Jambeiro conta que batizou o festival com o nome de seu último álbum, motivada pelo desejo de ver a mulher protagonizando sua própria história.

“O festival Afrodisia nasceu de uma mobilização feminina. Uma união de mulheres dedicadas a contribuir no mundo com sua arte, sua especialidade, seu olhar, suas ações. A segunda edição vem para fortalecer um movimento de sororidade que existe desde o início (algo que sempre busquei praticar em minha trajetória), contemplando igualdade de gêneros, enaltecendo histórias, protagonismo feminino, discorrendo sobre pautas relevantes e criando uma egrégora iluminada”, disse a artista.

O Festival Afrodisia em Pauta é produzido pela Ritmiza Produções, em parceria com Renata Jambeiro, sob a Lei de incentivo emergencial à cultura, Aldir Blanc.



Festival tem participação especial de Mariana Aydar

Festival tem participação especial de Mariana Aydar

Foto: Autumn Sonnichsen / Divulgação / Estadão

Confira a programação completa

Apresentação de Renata Jambeiro

Dia 19 de Março (sexta-feira) – A Mulher e Sua Voz

15h: Moça Bonita – Cantoras contam e cantam sua história

Com Maria Helena Embaixatriz, Sandra Duailibe e Roberta Sá

16h: Costura – Troca de experiências e bate-papo musical em dupla

Dri Lima e Kris Maciel, Juliana Ribeiro e Luana Bayô, Roberta Espinosa e Nina Wirtti

18h: Reencontro – Painel de debate entre mulheres de diversas áreas

Mediação de Bia Aparecida, com Renata Reis (direito e protagonismo sexual e reprodutivo), Dianete do Valle (voz física e emocional), Patricia Góis (voz política, a voz da mulher negra), Luana Henrique (a voz mobilizadora) e Jacqueline Marttins (a voz na produção)

19h25: Coisa Feita , Participação Especial de Rita Benneditto

19h35: Festa Da Vida

Com Raphael Gomes (violão de 7 Cordas), Douglas Alonso (bateria-percuteria), Simone Gonçalves (percussão), as cantoras convidadas Mariana Aydar e Fabiana Cozza e a musicista convidada Cimara Fróis (acordeon)

Dia 20 de Março (sábado) – Literatura e Composição Feminina

15h: Moça Bonita

Com Ana Costa, Kiusam Oliveira e Ellen Oléria

16h: Costura

Com Socorro Lira e Maíra Da Rosa, Cássia Portugal e Flávia Saolli, Luíza Dionízio e Roberta Oliveira

18h: Reencontro

Mediação de Bia Aparecida, com Penélope Martins (literatura), Patrícia Mellodi (composição musical), Catarina Accioly (composição cinematográfica) e Michelly Mury (criação e direção)

19h25: Coisa Feita, Participação Especial de Rita Benneditto

19h35: Festa Da Vida

Com Raphael Gomes (violão de 7 Cordas), Douglas Alonso (bateria-percuteria), Simone Gonçalves (percussão), as cantoras convidadas Indiana Nomma e Verônica Ferriani e o músico convidado Glauber Seixas (violão de 7 cordas)

Dia 21 De Março (domingo) – Ancestralidade Negra e Sagrado Feminino

15h: Moça Bonita

Com Luciana Oliveira, Mãe Dora de Oyá e Jéssica Ellen

16h: Costura

Com Karynna Spinelli e Núbia Maciel, Teresa Lopes e Raquel Tobias, Roberta Nistra e Júlia Vidal

18h: Reencontro

Mediação de Bia Aparecida, com Cris Pereira (histórico ancestral), Nilcemar Nogueira (políticas públicas para a cultura ancestral), Larissa Sarmento (trilha das Deusas e Sagrado Feminino) e Ester Braga (Yabás e seus arquétipos)

19h25: Coisa Feita, Participação Especial de Rita Benneditto

19h35: Festa Da Vida

Com Raphael Gomes (violão de 7 Cordas), Douglas Alonso (bateria-percuteria), Simone Gonçalves (percussão), as cantoras convidadas Dorina e Nilze Carvalho e o músico convidado Vitor Casagrande (cavaco e bandolim)

Veja também:





“Minha sogra morreu por falta de vaga na UTI”

Estadão

  • separator