Blog

Exportações do setor têxtil tiveram queda de 12,43% no primeiro bimestre

Publicado em



18 de mar de 2021

Com base em dados oficiais do Ministério da Economia, a Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (ABIT), informou que as exportações do setor têxtil no primeiro bimestre deste ano foram de US$ 130 milhões, com queda de 12,43% em relação aos US$ 148 milhões registrados em igual período de 2020. 

Na mesma base de comparações, as importações diminuíram 9,16% (passando de US$ 930 milhões para 845 milhões) e o déficit da balança comercial recuou 8,54%, descendo de US$ 782 milhões para US$ 715 milhões. 

Segundo a Abit, os dez maiores compradores dos têxteis e confeccionados brasileiros nos dois primeiros meses de 2021 foram: Argentina, em primeiro lugar, com US$ 31,97 milhões, representando crescimento de 11,05% em relação ao mesmo período de 2020; Estados Unidos, Paraguai, Uruguai, México, Peru, Chile, Colômbia, China e Equador. Por outro lado, os chineses reduziram suas aquisições de US$ 15,94 milhões para US$ 5,72 milhões, num recuo de 64,13%. 

Quanto à produção, a Abit apontou que o resultado de janeiro foi positivo, com crescimento de 21,7% em têxteis e de 6,7% em confecção, porém o agravamento da pandemia de Covid-19 no Brasil, com novas restrições ao comércio e à circulação dos consumidores em vários estados, faz com que haja muitas incertezas quanto ao futuro. 

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.