Entidades se unem e querem audiência com Doria para cobrar medidas contra violência policial – 28/06/2020 – Painel

  • por

Costura Diante das denúncias de casos de violência policial em São Paulo, organizações negras, movimentos sociais e entidades de direitos humanos se uniram e vão pedir uma audiência com o governador João Doria (PSDB). Eles querem falar de transparência dos números e cobrar protocolos de abordagem da PM.

Basta “É uma articulação entre movimentos que fazem historicamente essa luta com outros setores, até da classe média, que estão indignados com o aumento da violência”, diz Douglas Belchior, da Uneafro Brasil e da Coalizão Negra por Direitos. “A gente quer cobrar do governador que ele use sua atribuição para barrar a violência policial”, completa.

Participam da mobilização: Coalizão Negra por Direitos, Mães de Maio, Uneafro, Iniciativa Negra por uma Nova Politica de Drogas, Núcleo de Igualdade Racial da Defensoria Publica, Instituto de Defesa do Direito de Defesa (IDDD), Conectas, Sou da Paz, Artigo 19, Instituto Vladmir Herzog, Ibccrim, NEV-USP, Instituto Alana, Fórum Brasileiro de Segurança Pública, Comissão de DH da OAB/SP, Associação Brasileira de Imprensa, Comissão Arns, Prerrogativas. A articulação surgiu no grupo 342 Artes, que reúne ativistas e personalidades.

Com Mariana Carneiro, Guilherme Seto e Daniel Haidar