Eleições 2020 em Joinville: Darci de Matos fecha acordo e terá vice do PSDB | Saavedra

  • por

Darci de Matos (PSD) conquistou aliados importantes na manhã desta quinta-feira e ainda hoje tentará fechar mais apoios na disputa pela prefeitura de Joinville nas eleições 2020. Em articulação com participação do deputado federal Rodrigo Coelho (PSB), o candidato do PSDB, Rodrigo Fachini, desistiu da candidatura a prefeito e será o vice de Darci. Fachini já estava homologado como nome tucano a prefeito, em convenção.

> Em site especial, acompanhe tudo sobre as eleições municipais 2020 

> Eleições 2020 em Joinville: Rodrigo Coelho defende aliança ampla contra candidato governista

“A candidatura vinha crescendo, eu realmente queria concorrer, mas o recuo ocorreu em nome de um objetivo maior”, diz o vereador Fachini. A meta citada por ele é a “recuperação” de Joinville, com vitória sobre Fernando Krelling (MDB), o candidato governista. Curiosamente, o plano inicial de Fachini era ser vice de Coelho, mas como o deputado do PSB não teve como concorrer, o vereador tucano se animou com a disputa para prefeito. Agora, será vice.

Além de Fachini, Darci de Matos, pré-candidato a prefeito a ser confirmado na convenção do PSD do dia 16, fechou o acordo com o PL, também costura de Coelho – o partido sempre disse que acompanharia as decisões do deputado do PSB (o parlamentar só não concorreu a prefeito porque não conseguiu autorização judicial para deixar seu partido). Coelho tem defendido a formação de uma aliança ampla para enfrentar Krelling.

Darci vai buscar agora o apoio do Podemos e do PP, entre outros partidos. Há reuniões ainda nesta quinta. O Podemos tem Ivandro de Souza como candidato a prefeito, como apoio do DEM. O PP apresentou Francesc Boehm como pré-candidato. Na conversa com os progressistas, é lembrado que o suplente Nilson Stainsack, hoje no exercício do cargo com a licença de Darci, é do PP.