Pular para o conteúdo

Detentas participam de capacitação para confecção de absorventes higiênicos reutilizáveis

Meta é produzir 5 mil unidades e doá-las a mulheres custodiadas, egressas, refugiadas e migrantes

SEAP 03 4 Detentas participam de capacitação para confecção de absorventes higiênicos reutilizáveis
FOTOS: Divulgação/Seap

Uma parceria entre a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) e o Fundo de População da Organização das Nações Unidas (UNFPA/ONU) está promovendo uma ação inédita de sororidade feminina e respeito ao meio ambiente no sistema prisional em Manaus. Uma linha de produção foi criada para a confecção de absorventes ecológicos, a serem doados a mulheres custodiadas, egressas, refugiadas e migrantes da Venezuela atendidas pelo Programa de Assistência Humanitária do UNFPA em Roraima e Amazonas.

Com o apoio da empresa terceirizada Reviver Administração Prisional Privada, uma capacitação de Corte e Costura, de carga horária de 96 horas, está sendo ministrada, desde a semana passada, no Centro Feminino de Educação e Capacitação (Cefec), no ramal do Km 08 da BR-174 (Manaus-Boa Vista), a 20 internas do regime fechado com o propósito de ensinar as principais técnicas para a produção de absorventes higiênicos. O curso faz parte do projeto Núcleo de Costura do programa de ressocialização da Seap, Trabalhando a Liberdade.

A expectativa é de que a produção dos 5 mil itens traga autossuficiência para o estabelecimento prisional, profissionalização às detentas e qualidade de vida às mulheres beneficiadas com a ação social.

“Essa é mais uma iniciativa entre o UNFPA e a Seap para a promoção dos direitos das mulheres em cumprimento de pena, e que beneficiará também mulheres refugiadas e migrantes atendidas em Roraima e no Amazonas com a doação de um item essencial à saúde menstrual, que é o absorvente reutilizável”, informa Débora Rodrigues, chefe de escritório do UNFPA em Manaus.

O diferencial desses absorventes íntimos é que eles são feitos 100% de panos e tecidos impermeáveis capazes de absorver todo tipo de líquido e fluido natural. Essa composição é o que os torna laváveis e reutilizáveis. Além disso, possuem um design confortável e seguro, que promete durar em média até 50 lavagens ou um ano.

A instrutora do curso, Eliete Bindá, fez um breve comparativo entre esse modelo e o descartável. “O absorvente descartável agride muito o meio ambiente. Demora mais de 100 anos para dissolver o sangue que fica petrificado dentro daquelas químicas, enquanto o absorvente de tecido não é assim, ele não fica nem com odor. É uma coisa muito prática e ecologicamente boa para as mulheres utilizarem”, destacou.

“Esse tipo de absorvente íntimo é mais seguro, prático e econômico, diferente dos descartáveis que possuem géis químicos nocivos à saúde feminina. O fato de ele ser reutilizável também é ótimo para o meio ambiente, já que diminui o lixo produzido no planeta”, concorda o secretário da Seap, coronel Vinícius Almeida.

Ao todo, a capacitação terá duração de quatro semanas, sendo as aulas teóricas e práticas realizadas às segundas, quartas e sextas-feiras. Os tecidos, aviamentos, parte do maquinário (uma reta industrial e cinco domésticas) e demais materiais necessários para a produção foram doados pelo próprio UNFPA. As máquinas, inclusive, são utilizadas desde a primeira parceria com o Fundo, firmada em julho do ano passado, na confecção de máscaras faciais descartáveis para proteção à Covid-19.

A reeducanda Thayná (nome fictício) menciona outros pontos positivos que a confecção dos itens traz. “O bom é que temos duas coisas que a gente ganha. A gente vai ganhar a remição (de pena) e a experiência que podemos levar lá para fora, para uma porta de emprego ou empreendedorismo próprio nosso”.

Remição pelo trabalho – A cada três dias de trabalho na linha de produção as internas podem diminuir um dia de sua pena, conforme determina a Lei de Execução Penal (LEP), Lei nº 7.210/1984.

Fonte agenciaamazonas.am.gov.br

Todos os direitos reservados a seus autores

Conteúdo indexado da Internet de postagem pública

Caso deseje a remoção, envie este link e a prova de autoria para nosso email para exclusão.

Falar com Atendente
Fale Conosco
Oi!

Estamos aqui para lhe atender.

Vi que você quer saber sobre
Detentas participam de capacitação para confecção de absorventes higiênicos reutilizáveis.

Como podemos ajudar?