Blog, Costura

Dependentes químicos concluem curso profissionalizante durante tratamento

Evento
Foto: Divulgação

No próximo domingo (20), 26 acolhidos em tratamento terapêutico na Fazenda da Paz receberão certificado de profissionalização. Além dos acolhidos, oito mulheres moradoras do Povoado Canaã também serão certificadas, mas somente no mês de janeiro. Os cursos são uma parceria da Fazenda da Paz com a instituição suíça Brücke Le Pont.

Para o acolhido O.C, o curso de eletricista predial foi uma forma de se preparar para o mercado de trabalho e aprender a trabalhar melhor em equipe. “Agradeço muito a esse curso por ter me qualificado para o mercado de trabalho, assim posso estar preparado para novos desafios lá fora, onde eu posso ter o meu primeiro emprego e poder estar ajudando meus familiares. Antes eu não sabia lidar em situações onde tenho de dividir trabalho com muita gente, hoje, com o curso tive a oportunidade de mudar esse meu estado”, diz.

A profissionalização faz parte da metodologia da Fazenda da Paz. Ao concluir o tratamento, muitos acolhidos retornavam ociosos para casa. Mas, através da profissionalização, o pós-tratamento se torna mais seguro estando alinhado com a reinserção social através do trabalho. Por conta disso, além da oportunidade de concluir o ensino regular, os dependentes químicos em tratamento podem realizar os cursos de corte e costura, informática básica, marcenaria, técnicas agrícolas, mecânica de moto ou eletricista predial.

“A Fazenda da Paz, juntamente com a Brücke Le pont, ONG suíça, há 11 anos vem oferecendo algo a mais para os nossos acolhidos e esse algo a mais é a qualificação profissional. Com muita alegria dizemos que eles conseguiram esse certificado por mérito e dedicação deles”, diz Eneida Lustosa, presidente da Fazenda da Paz.

Os cursos têm o objetivo de estimular um aprendizado e auxiliar na inserção do mercado de trabalho, desta forma, todos estão qualificados a trabalharem na área que concluíram o curso e Fazenda da Paz ajuda ainda na busca de um novo emprego, fazendo o intermédio com empresas e elaborando um bom currículo.

Fonte: Ascom Fazenda da Paz