Covid-19: INEFOP cria condições para retoma dos cursos | Sociedade | Jornal de Angola

  • por

Sociedade

O Instituto Nacional de Emprego e Formação Profissional (INEFOP), na Lunda Sul, está a criar as condições de biossegurança nos centros de formação para o reinício das aulas, suspensas no mês de Março, devido à Covid-19.

Fotografia: DR

O INEFOP tem inscritos 840 formandos, destes 334 são do sexo feminino, que frequentam os cursos de Auto-Cad 3D, Energias Renováveis, Canalização, Electricidade de Baixa Tensão, Serralharia, Mecânica Auto, Frio Comercial e Industrial, Corte e Costura, Construção Civil, Soldadura, Pastelaria, Cozinha e Inglês.

Em declarações à Angop, o chefe dos serviços provinciais do INEFOP, Rufino Quembo, assegurou que os centros de formação profissional dispõem de condições para lavagem das mãos e de biossegurança, entre

outras, sem colocar em perigo a saúde e a vida dos formandos e discentes. Na perspectiva de manter o distanciamento recomendado, o responsável disse que cada turma deve ter apenas 20 alunos, que serão repartidos em três turnos.

Fez saber que o sucesso do ano académico em época da Covid-19 dependerá da responsabilidade dos discentes, no cumprimento das medidas que evitem o contágio e a propagação da pandemia.
Actualmente os cursos contam com 40 formadores, distribuídos nos pavilhões de artes e ofícios fixos e móveis dos municípios de Muconda e Saurimo.