Blog

Consumidor deve manter em 2021 comportamentos adquiridos este ano, diz pesquisa | Empresas

Os consumidores brasileiros adotaram novos comportamentos neste ano para se protegerem da covid-19. Um estudo elaborado pela consultoria Iemi Inteligência e Mercado e divulgado pela Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit) revelou que, após o controle da pandemia, 73% dos consumidores esperam que continue obrigatório o uso de máscaras e luvas pelos funcionários de lojas.

A consultoria ouviu 402 consumidores. Do total de entrevistados, 59% esperam que o varejo mantenha uma limpeza e higienização frequente das áreas de venda e exposição. E 54% esperam que as lojas mantenham o fornecimento gratuito de álcool gel para os clientes.

— Foto: Arturo Rey/Unsplash

Em relação às preferências de consumo, 55% dos consumidores afirmaram que passarão a valorizar mais as marcas e produtos que sejam realmente sustentáveis. Outros 24% disseram que vão valorizar mais marcas e produtos com propósitos sociais comprovados e 21% disseram que a pandemia não deve mudar seus valores e preferências de consumo.

No segmento de vestuário, 56% dos entrevistados consideram que uma peça com proposta de sustentabilidade deveria ter o mesmo preço de um produto que não possui esse conceito; 23% disseram que estão dispostos a pagar mais por essas peças e 21% disseram que esses produtos deveriam custar menos.

Questionados sobre o interesse em trocar a marca favorita por uma marca sustentável, 65% dos entrevistados disseram que trocariam se o produto tivesse o mesmo preço; 18% não trocariam de marca e 17% trocariam mesmo se custasse um pouco mais a peça sustentável.

A pesquisa revelou ainda que 25% dos consumidores pretendem ficar mais tempo em casa depois que a pandemia passar e 16% pretendem investir para deixar a casa mais confortável.