Blog, Costura

Com nova versão. Mercedes apresenta renovado AMG GT Coupé

A Mercedes-Benz acaba de apresentar a mais recente actualização do seu mais coupé de quatro portas mais desportivo e estatutário, o Mercedes-AMG GT Coupé, marcado não somente por pequenos retoques no exterior e interior, entre os quais um novo banco traseiro, mas, principalmente, por uma ainda mais exclusiva Manufaktur Exclusive Edition. Tudo, já para este Verão.

Verdadeira estreia no Mercedes-AMG GT Coupé de 4 portas, esta nova e exclusiva versão ‘Manufaktur Exclusive Edition’ apresenta-se num deslumbrante Vermelho Rubelite metalizado, conjugado com aplicações em cromado e jantes AMG de 21 polegadas com acabamento específico.

Quanto ao habitáculo – renovado – deste Mercedes-AMG, ostenta como principais elementos distintivos o couro Neva numa tonalidade cinza exclusiva, acabamentos em madeira Ash e um novo volante AMG Performance.

Aliás, este novo volante é uma novidade, não somente na versão Manufaktur, como também nas restantes, com um design de raios duplos, interruptores para selecção do modo de condução e botões multifuncionais. Sendo que, os clientes podem, depois, escolher o tipo de revestimento, entre o couro Nappa ou o Couro Nappa e camurça Dinamica no aro, além de um sistema de aquecimento disponível nas motorizações de seis cilindros e de série nos V8.

LEIA TAMBÉM
Em prol do futuro SL. Mercedes-AMG “anuncia” morte próxima do GT Roadster

No resto do habitáculo, revestimentos em couro que podem variar na tonalidade, entre Castanho Sienna, Vermelho Classic, Azul Yatch, Branco Deep e o já mencionado Cinza Neva, embora, também aqui, os clientes possam optar pelo opcional Couro Nappa Exclusivo em Cinza Titânio Pérola, com costura contrastante em amarelo, ou o Couro Nappa Castanho Auburn, com costuras diamante negro.

Igualmente pela primeira vez, o Mercedes-AMG GT Coupé de 4 portas apresenta-se numa configuração de cinco lugares, ou seja, com banco traseiro para três passageiros… opcional.

Passando aos motores, a mesma oferta conhecida até aqui, a começar pelas versões 43 e 53, ambas a recorrer ao mesmo seis cilindros em linha 3,0 litros, com apoio elétrico EQ Boost. E que permite anunciar, no primeiro caso, 367 cv de potência, enquanto, no segundo, chega aos 435 cv de potência.

Graças a estes valores, o GT 43 consegue ir dos 0 aos 100 km/h em 4,9 segundos (4,9s com sistema 4MATIC+), fixando como velocidade máxima os 270 km/h. Já o GT 53 4MATIC+ demora menos 0,4 segundos (4,5s), ao mesmo tempo que também garante uma velocidade máxima mais elevada – 285 km/h.

Igualmente previsto, embora ainda sem dados oficiais conhecidos, está um V8, que deverá chegar com uma suspensão adaptativa totalmente revista. Com o sistema AMG Ride Control Plus a recorrer a duas válvulas limitadoras de pressão, para controlar a configuração da suspensão a ar multicâmara. Sendo que, enquanto uma válvula gere o amortecimento na recuperação, a outra assume o controlo do amortecimento na compressão.

Segundo a Mercedes, esta nova solução técnica permitirá ao Mercedes-AMG GT Coupé tornar-se mais agradável de conduzir, quando com o modo Comfort accionado, mas também com um melhor desempenho dinâmico, a partir do momento em que o condutor selecciona os modos Sport ou Sport Plus.

Para já ainda sem preços conhecidos, o renovado Mercedes-AMG GT Coupé de 4 portas deverá chegar aos concessionários nacionais ainda este verão.