Blog

CITEVE doa 2.500 peças de roupa à associação Juntos Por Famalicão

O Centro Tecnológico das Indústrias Têxtil e do Vestuário de Portugal (CITEVE), sediado em Famalicão, doou 2.500 peças de roupa à Associação Junto Por Famalicão que, por seu turno, as fará chegar a famílias carenciadas, foi hoje anunciado.

Entre as peças doadas à associação Juntos Por Famalicão estão calças, camisas, blazers, vestidos, camisolas, entre outras peças, para todas as idades e de ambos os sexos.

A Loja Solidária da associação Juntos Por Famalicão, que funciona desde o dia 11 de setembro, na Rua de António, número 189, loja 5, no centro da cidade, já recebeu todas as roupas, tendo começado a distribuí-las pelas famílias ou pessoas individualmente, que ali se têm deslocado.

“Estamos extremamente gratos ao CITEVE, cujo gesto não tem preço. Estamos a falar de roupa de grande qualidade, que não tinha destino, e que a Associação Juntos Por Famalicão coloca à disposição dos famalicenses que mais precisam”, afirma o responsável da associação, Miguel Lascasas, frisando que “a doação do CITEVE tem um valor enorme porque vai dar algum conforto e alguma qualidade de vida a crianças e adultos que, de outra forma, teriam mais dificuldade em ter roupa para vestir”.

Em comunicado, a associação refere que, ao cabo do primeiro mês de funcionamento, a Loja Solidária já atendeu um total de 69 famílias, que receberam 832 doações, entre peças de vestuário, têxteis-lar, brinquedos, artigos para a cozinha e outros objetos para o lar. Em média, cada família recebeu 12 doações.

Num sentido inverso, também a Loja Solidária tem recebido muitas doações.

O objetivo da Loja Solidária, que está aberta ao público em função do tempo disponibilizado por um grupo de voluntários, é precisamente a doação de roupas, calçado, brinquedos, utensílios domésticos, bem como outros materiais que fazem parte do dia a dia de todos e que, devido à crise gerada pela covid-19, muitas famílias estão com dificuldades em comprar.

A Loja Solidária é uma iniciativa da Associação Juntos por Famalicão, fundada no dia 30 de julho e presidida por Miguel Las Casas.

“Depois de uma primeira fase, com o grupo no Facebook, estamos a aprofundar um trabalho solidário que era necessário em Famalicão, como demonstra o grande afluxo de pessoas à loja que abrimos no centro da cidade”, destaca Miguel Lascasas, citado em comunicado, acrescentando que “estamos perante uma iniciativa da sociedade civil que a população está a receber de braços abertos”.

A associação regista a particularidade de ter nascido num movimento criado na rede social Facebook durante o estado de emergência. Em março último, Miguel Las Casas criou naquela rede social o grupo “Juntos em Vila Nova de Famalicão contra a COVID-19” para apoiar pessoas e instituições famalicenses na resolução de necessidades e problemas provocados pela pandemia. Um julho foi legalizada a associação. Ao longo dos últimos meses o grupo liderado por Miguel Lascasas tem angariado e distribuído doações e proporcionado diferentes tipos de ajudas a pessoas e instituições.