Pular para o conteúdo

Chanel anuncia vendas do box com quatro minibolsas de luxo

  • por

Considerada uma das marcas de luxo mais desejadas do mundo, a Chanel encanta os admiradores da grife a cada coleção. As bolsas, bem se sabe, são peças icônicas da maison. Dos modelos mais clássicos aos que conquistam pelo design, o lendário couro acolchoado é visto como uma das principais características da label. Agora, a matéria-prima também reveste o Chanel Lambskin Box. A novidade tem formato de baú e encanta pelo interior, complementado com nada menos que quatro minibags.

Vem comigo saber mais!

Batizada como Set of 4 Mini Bags (conjunto com 4 minibolsas, em tradução livre), a novidade é especial. A boa-nova é que o objeto de desejo já está disponível nas lojas físicas da grife francesa. O box faz parte da coleção Métiers D’Art 2020, que honra o legado da pioneira Coco Chanel, e chega às prateleiras em duas versões: preta e rosa.

As minibags que riscaram as passarelas de Paris agora recheiam o lançamento, de edição especial. Feito em couro Lambskin, o conjunto se assemelha a uma caixa de joias, com direito à tranca e chave adornada com diamantes.

Bolsa Chanel
A Chanel lançou um box de edição especial

 

Bolsa Chanel
Por fora, ele aparenta ser uma caixa de joias, com direito à chave cravejada com diamantes

 

Bolsa Chanel
O kit com quatro minibolsas já está à venda

 

Bolsa Chanel
Lojas da grife francesa receberam unidades limitadas do box

 

Bolsa Chanel
A caixa foi lançada na versão preta e rosa

 

O interior é aveludado e recebe um espelho centralizado na parte traseira da tampa. A ideia é garantir mais versatilidade à caixa, que pode ser utilizada para armazenar outros objetos de valor e, até mesmo, complementar a decoração da casa.

Em tempos de bolsas minúsculas feita por grifes como Jacquemus, Fendi, Gucci e Balenciaga, a Chanel fez uma aposta certeira. As clássicas Boy Bag, Classic Flap Bag, Gabrielle e 2.55 recheiam o box e conquistam o posto de menores tamanhos de bags que a casa já lançou.

O modelo Boy Chanel foi desenhado por Karl Lagerfeld. O nome é uma homenagem ao amor juvenil de Gabrielle Chanel, Boy Capel. Com tom romântico, o estilista se inspirou em um cartucho de caçador utilizado pela pioneira da marca. Com linhas suaves e formato retangular, a bolsa é acompanhada por alça lateral acorrentada e fecho gráfico.

Já a Classic Flap Bag é uma reinterpretação da icônica 2.55, também assinada por Lagerfeld. Uma das principais características é a corrente entrelaçada em couro com acabamento dourado ou prata. Outro detalhe vai para a costura no couro que constrói um padrão de diamantes por toda a bolsa.

A queridinha 2.55 foi criada por Gabrielle Chanel em 1955. Com textura matelassê, o acessório é acompanhado de correntes Signature. Uma espécie de fileira de elos metálicos proporciona leveza ao metal que, normalmente, é denso.

Outro modelo que não poderia faltar, a bolsa Gabrielle evoca o nome da fundadora da Chanel. A peça foi uma das últimas assinaturas clássicas de Lagerfeld antes do designer falecer. O modelito possui base sólida, estrutura contrastante e alça de metal dupla.

Bolsa Chanel
As mini bags já riscaram as passarelas de Paris

 

Bolsa Chanel
Foram apresentadas na coleção Métiers D’Art 2020

 

Bolsa Chanel
O clássico modelo Boy Chanel ganhou versão pequena

 

Bolsa Chanel
A queridinha Gabrielle também

 

Bolsa Chanel
As icônicas 2.55 e a Flap Bag completam o box

 

O box da Chanel tem ganhado grande repercussão nas redes sociais. Até o momento, a grife não divulgou quais lojas estão comercializando o kit, tampouco se irão reabastecer os estoques. Vale acompanhar o lançamento que promete virar item de colecionador imediatamente.


Colaborou Sabrina Pessoa