Blog

Blitz em fábrica de Lisboa desmonta rede de mão de obra de brasileiros ilegais | Portugal Giro

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) de Portugal fez operação em uma fábrica têxtil nesta quarta-feira, em Lisboa, e encontrou dezenas de trabalhadores brasileiros em situação ilegal no país, apurou o blog Portugal Giro junto ao órgão.

Uma mulher brasileira de 42 anos e um homem português de 50 anos são os proprietários da empresa e foram acusados de prática dos crimes de “angariação de mão de obra ilegal e de auxílio à imigração ilegal”.

São 12 trabalhadores, a maioria mulheres brasileiras sem documentos de residência em Portugal. Viraram testemunhas no processo.

O casal utilizava os imigrantes como mão de obra barata e ilegal e também foram acusados de violação de inúmeras violações de leis trabalhistas.

A investigação do SEF começou há meses. Como provas, foram apreendidos computadores, telefones, carimbos e abundante documentação.