Blog, Costura

Bisogno abre apoio a Cechin na reta final ao segundo turno – Política

O candidato Marcelo Bisogno (PDT) decidiu, na tarde desta segunda-feira, que apoiará o prefeiturável Sergio Cechin (Progressistas). Segundo o pedetista, a escolha observou a uma orientação estadual do partido. Desde a semana passada, segundo ele, foi iniciada uma costura entre a alta cúpula do PDT com o núcleo-duro do PP para que Bisogno viesse a se somar ao bloco Cechin e Harrisson (MDB). O brizolista assegura que a opção não observa cargos ou espaço no governo:

– O coerente, neste momento, é estarmos com o Cechin. Entendemos que a cidade anseia por mudança e o Cechin representa isso. Agora, não foi tratado de composição ou de espaço dentro do PDT em um eventual governo do Cechin. Ele nunca foi prefeito, e é a hora de mudar. Nossa deliberação é partidária e com a maioria ampla dos candidatos a vereador.  

As apostas de Cechin e Pozzobom para conquistar mais votos no 2º turno


Bisogno reforça que é uma decisão do PDT de Santa Maria e houve deliberação de forma coletiva entre todos os integrantes da sigla. 

– Não seria momento de ficarmos em cima do muro. E decidimos, então, que será com Cechin que estaremos. Se há alguém que representa a mudança, a partir de 2021, essa pessoa é o Cechin, até porque ele nunca foi prefeito. Além disso, o Cechin assinou uma carta em que se compromete a colocar em prática demandas do nosso plano de governo – avalia Bisogno. 

Com isso, Cechin tem até agora o apoio da Rede, do PSD de Marion Mortari; do PSB de Fabiano Pereira, e, ainda, de Evandro Behr (Cidadania).