Ateliê promove capacitação e independência financeira através da costura | Conexão Bahia

  • por

Em Canudos, no interior da Bahia, mulheres costureiras interromperam a produção de roupas para ajudar o pequeno povoado de Raso com a confecção de máscaras de proteção. No Conexão Bahia de sábado, 3, Aldri Anunciação conheceu a iniciativa do Ateliê Forte Severina, idealizado pela união de mulheres do sertão baiano, com o intuito de ganhar independência financeira através da costura.

As profissionais mudaram o foco da produção por conta da crise mundial de saúde, e o ato impulsionou os negócios. “Primeiro fizemos doações (das máscaras). Gostaram do trabalho e começaram a fazer pedidos em pequenas quantidades”, contou a costureira Regerlandia de Jesus. “Hoje elas também fazem aventais para o pessoal da saúde”, completou Márcia Helena Pawlusyk.

A iniciativa social de geração de renda, que começou apenas com uma máquina de costura emprestada, conta hoje com o auxílio do projeto Canudos, outra iniciativa que exerce suas atividades na Bahia oferecendo capacitação, com cursos de corte e costura na zona rural. Assista à matéria completa!

Costureiras do ateliê ‘Forte Severina’ produzem máscaras de proteção para o distrito de Canudos — Foto: Tv Bahia