Blog, Costura

Arquiteta faz diferentes gerações sorrirem com as bonecas de pano – Consumo

Valéria em seu ateliê; ela costura bonecas desde 2013 (Foto: Bia Terra Fotografia)

A arquiteta Valéria Resende, de 51 anos, aprendeu com a mãe a arte de fazer bonecas e considera o amor pelo ser humano a fonte mais adequada ao seu processo criativo. Em Campo Grande, ela criou uma marca que reúne em seu ateliê mais do que bonecas, são pequenas obras de arte feitas de pano.

Entre as peças, algumas representam meninas negras, outras brancas, cabelos lisos, cacheados, ondulados, loiros, ruivos, pretos ou castanhos. A diversidade é o ponto alto da criação de Valéria que tenta chegar a todos os perfis de pessoas. “A boneca também empodera e, muitas vezes, uma criança quer se identificar com a boneca, por isso, não há um padrão, há diversidade, diferentes identidades”, explica Valéria.

Bonecas de pano são cheias de delicadezas (Foto: Bia Terra Fotografia)
Bonecas de pano são cheias de delicadezas (Foto: Bia Terra Fotografia)
Há bonecas de diferentes estilos (Foto: Bia Terra Fotografia)
Há bonecas de diferentes estilos (Foto: Bia Terra Fotografia)

Arquiteta de formação, mas sem exercer a profissão há muito tempo, Valéria se jogou no universo do artesanato em 2013. Na verdade, as artes manuais têm grande destaque em sua família. “Minha mãe tem 87 anos e é artesão. Ela me ensinou a bordar, fazer crochê, tricô”.

Talvez a palavra inspiração não seja adequada ao processo de criação das bonecas. Valéria diz que as ideias nascem da necessidade de semear coisas boas à sua volta. Cada boneca é construída a partir da vida, do sorriso, do carinho.

“As bonecas tem vida, tem sentimento, sensações envolvidas. Normalmente também penso muito na pessoa que vai ser presenteada ou adquiriu a boneca. E quando as entrego, as pessoas dizem que meus olhos brilhos, e eles brilham mesmo, porque eu sinto prazer em cada ponto, cada detalhe da costura”.

Valéria diz que as bonecas parecem ter "vida" (Foto: Bia Terra Fotografia)
Valéria diz que as bonecas parecem ter “vida” (Foto: Bia Terra Fotografia)
Bonecas que podem servir de decoração (Foto: Bia Terra Fotografia)
Bonecas que podem servir de decoração (Foto: Bia Terra Fotografia)

O que se destaca também é a exclusividade. “Como é tudo artesanal, não tem nenhuma boneca que seja igual a outra, acaba que as bonecas são únicas. Cada uma tem um penteado e uma expressão diferente”.

Durante a pandemia Valéria fez o caminho inverso, se afastou das redes sociais e se dedicou exclusivamente a produção, agora, ela decidiu levar um pouquinho da sua história e dos encantos das bonecas para o Instagram.

E se engana quem pensa que as bonecas são feitas só para presentear crianças. “As bonecas de pano revelam uma saudade. Fizeram parte da vida de muito adulto. Então, hoje, elas são uma forma também de voltar no tempo”.

Quem quiser fazer encomendas, basta seguir Valéria em seu perfil do Instagram.

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram. Tem uma pauta bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: [email protected] ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.

Valéria também produz bonecas com todo tipo de cabelo (Foto: Bia Terra Fotografia)
Valéria também produz bonecas com todo tipo de cabelo (Foto: Bia Terra Fotografia)
E muitos clientes acabam voltando no tempo (Foto: Bia Terra Fotografia)
E muitos clientes acabam voltando no tempo (Foto: Bia Terra Fotografia)