Pular para o conteúdo

Ala orgânica do PSB resiste a Alckmin. Chapa de Márcio com Haddad é cogitada – Folha Política

As conversas, ainda que silenciosas, estão curso e, no ninho socialista, já não se nega essa construção. Há articulação vigente para que o ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, ingresse no PSB e a costura resultaria na indicação dele para vice do ex-presidente Lula numa chapa presidencial.


No entanto, nos bastidores do partido, presidido nacionalmente por Carlos Siqueira, uma ala orgânica resiste ao movimento, que se daria mediante uma intermediação feita pelo líder-mor do PT. “Isso não atende a ala orgânica”, assinala um parlamentar da legenda, que prefere não se identificar.


Em paralelo, há quem avalie, nas coxias do parlamento, que o ingresso do tucano na sigla em nada agregaria a Márcio França, nome do PSB cotado para ocupar a vice de Alckmin na corrida pelo Palácio dos Bandeirantes, mas ventilado também para, eventualmente, disputar o Senado.


Quem defende esse argumento realça que Márcio poderia ser candidato a vice ou à Casa Alta numa chapa com Fernando Haddad, alternativa do PT para a corrida pelo governo paulista.


O detalhe é que, com Alckmin candidato ao Governo de São Paulo, Márcio, aliado de primeira hora do tucano, não terá como apoiar Lula. Socialistas anotam que o diálogo de Márcio anda, inclusive, fluido com o líder-mor do PT. Realçam que ele abriu canal, em São Paulo, com os petistas e que, mesmo o nome dele já circulou como alternativa para vice de uma chapa presidencial, encabeçada pelo PT.


Uma saída de Alckmin do páreo em São Paulo, entretanto, deixaria o caminho livre para Márcio apoiar o PT sem ruído com Alckmin. Em outras palavras, socialistas avaliam que uma travessia de Alckmin para as hostes socialistas com passe para a chapa presidencial, mediante costura feita pelo próprio Lula, poderia harmonizar a eleição de Márcio França.


Em conversas reservadas, lideranças socialistas têm procurado repisar que uma ida de Alckmin para a chapa presidencial não excluiria o projeto de Márcio França de concorrer em São Paulo, o que parece reforçar a hipótese de Márcio integrar chapa com Haddad.




Federação ampla

Presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann andou tratando, relatam deputados, de uma federação mais ampla com partidos como PSOL, Rede, PCdoB e o plano mira incluir ainda o PSB. No meio desse diálogo, prevalece um argumento de que, nos estados, onde há dificuldade de montagem de chapas, considerando a regra que veda coligação, isso poderia vir a ser providencial.


Com você ou sem > Como a coluna cantara a pedra, o presidente nacional do PL, Valdemar Costa Neto, reúne, hoje, dirigentes estaduais da sigla em Brasília. O encontro, originalmente, se daria quatro dias antes da filiação do presidente Jair Bolsonaro, que acabou adiada. Prefeito de Jaboatão, Anderson Ferreira embarcou, ontem, para Brasília. A reunião foi mantida.


Autor 1 > É intitulado Lições de Madrugada o livro que o deputado Tadeu Alencar lança no próximo dia 2, às 17h, na Livraria Jaqueira, no Recife Antigo. Trata-se de uma seleção dos artigos assinados por ele, nos últimos 10 anos, sobre temas diversos.


Autor 2> “Eu escrevia de madrugada em geral, porque só sobra tempo para escrever na véspera, além de ser um horário muito adequado para se pensar”, assinala Tadeu à coluna.

Veja também

Em jogo pegado, Brasil fica no 0x0 com a Argentina em San Juan

Eliminatórias da Copa

Em jogo pegado, Brasil fica no 0x0 com a Argentina em San Juan

Fernando Ribeiro Lins e Ingrid Zanella são eleitos para comandar a OAB-PE no triênio 2022-2024

BLOG DA FOLHA

Fernando Ribeiro Lins e Ingrid Zanella são eleitos para comandar a OAB-PE no triênio 2022-2024

Fonte www.folhape.com.br

Todos os direitos reservados a seus autores

Conteúdo indexado da Internet de postagem pública

Caso deseje a remoção, envie este link e a prova de autoria para nosso email para exclusão.

Falar com Atendente
1
Fale Conosco
Fale conosco!